Super Team

.
.
.
Banner AUTOCONSUMO
.
.
.
Banner NOS INVESTIMOS
.
.
.
Banner LED
.
.
.
Banner CFP v 0.2
.
.
.
Banner RemodelaçõesV2

 

 SIETAMS SOLARES TERMICOS TOP PAG BASE

 

SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS

- AQUECIMENTO DE ÁGUAS SANITÁRIAS (AQS)

imalatcentral1aqsonl

Ao longo de um ano, um sistema solar térmico pode fornecer até 80% das suas necessidades água quente, sendo que nos meses de verão o sistema fornece-lhe mais de 100% das suas necessidades de águas quentes sanitárias (AQS), podendo o seu excedente ser aproveitado para o aquecimento de uma piscina.

Os sistemas solares térmicos consistem em sistemas de aquecimento de águas com recurso a energia solar. Essa energia pode ser utilizada para o aquecimento de águas sanitárias, aquecimento de piscinas e servir de apoio aos sistemas de aquecimento central. 

Num país com cerca de 3.000 horas de sol anuais, como é o caso de Portugal, o investimento neste tipo de sistemas apresentam rentabilidades bastante atractivas e um retorno do investimento em poucos anos.

Quer reduzir a sua factura energética através do aproveitamento da energia solar?

Contacte-nos e fale com os nossos técnicos especializados.

 

 POUPANÇA TÍPICA AO LONGO DO ANO

Poupança Típica ao Longo do Ano


APÓS A INSTALAÇÃO DE UM SIESTEMA SOLAR TÉRMICO AINDA NECESSITO DE USAR GÁS E/OU ELECTRICIDADE?

Para fazer face às suas necessidades nos meses de inverno, com menor incidência solar, quando o sistema solar térmico não consegue suprimir todas as necessidades, temos que prever um sistema de apoio ao seu sistema solar térmico que irá funcionar como complemento a este de modo a fornecer a restante energia necessária à água para que possa proporcionar o nível de conforto desejado.
Como se pode visualizar no gráfico, nos meses de inverno o sistema não consegue suprimir todas as suas necessidades, necessitando por isso um sistema de apoio.
Contacte-nos e saiba mais sobre sistemas de apoio aos sistemas solares térmicos.

 

AS NOSSAS MARCAS:

ROCA CIRELIUS
ROCATER1                 cireluister2

 

 

ZANTIA SOLARHART
ZANTIA 3 solarartetrmico


COMO FUNCIONAM OS SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS

O princípio de funcionamento do sistema solar térmico é bastante simples.
A radiação solar incidente sobre a cobertura de vidro dos colectores solares, transfere-se por calor para o fluido que circula no interior dos tubos de cobre que constituem o colector. Este fluido, ao sofrer o aquecimento, circula em circuito fechado e transfere calor através da serpentina do depósito, aquecendo a água aí acumulada. A circulação do fluido é gerida e controlada pelo regulador solar e pelo grupo de circulação em função das temperaturas registadas na medição.

 

COMPONENTES DE UM SISTEMA SOLAR TÉRMICO:

Colectores Solares
Captam o sol para aquecer o líquido que circula no interior do mesmo. Poderão ser interligados entre si para aumentar a sua capacidade de aquecimento.
Depósito Acumulador 
Depósito para acumular a água quente produzida pelo colector solar, tem pelo menos uma serpentina no interior que com a passagem do líquido no seu interior, previamente aquecido no colector, transfere toda a sua energia para a água que se encontra no seu interior, proporcionando assim o seu aquecimento. Poderá possuir também uma resistência eléctrica como apoio ao aquecimento da água, em especial no Inverno.
Grupo Hidráulico
Constituído por bomba de circulação, caudalimetro, termómetros e ligação ao vaso de expansão, onde o seu principal objectivo é fazer circular a agua entre os colectores e o acumulador, de modo a termos permuta térmica.
Controlador
Aparelho electrónico que controla o grupo hidráulico de forma automática. É constituído por sondas de temperatura tanto no colector, como no acumulador, e pela medição da temperatura nestes dois pontos, sempre que a temperatura no colector for superior à do acumulador, o grupo hidráulico arranca.

 

DURABILIDADE DE UM SISTEMA SOLAR TÉRMICO

Os sistemas solares térmicos são feitos para durar cerca de 25 anos. Contudo, para que a durabilidade seja a prevista é aconselhado efectuar-se anualmente uma manutenção preventiva ao sistema. 
Garanta a mais elevada performance e durabilidade do seu sistema solar térmico optando pelos contractos anuais de manutenção da SolarWatersContacte-nos.

 

TIPOS DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS

Actualmente existem dois tipos de sistemas de aquecimento solar térmico, onde a sua principal diferença consiste no modo como o fluido e a água aquecidos circulam no sistema.

SISTEMA DE TERMISSIFÃO

Este sistema é composto por um colector solar e um depósito de água que se encontra na parte superior do colector.
O sistema de termossifão é o sistema mais simples de aplicar, funciona de acordo com o princípio da gravidade, isto é, a água quente torna-se mais leve fazendo com que suba naturalmente para o acumulador sem recurso a qualquer grupo hidráulico.
Este tipo de sistema tem a vantagem de ser um sistema mais económico e simples, que requer menores cuidados de manutenção, devido à ausência de órgãos mecânicos e controlos electrónicos, contudo também tem desvantagens como por exemplo, o acumulador tem de ficar acima do colector, a circulação de água é lenta e tem muitas perdas térmicas, principalmente nas noites frias de inverno.
Os sistemas de termossifão são usados principalmente em moradias unifamiliares e sistemas de pequenas dimensões.

Contacte um dos nossos técnicos, sem qualquer compromisso, e saiba qual o sistema mais adequado às suas necessidades.


SISTEMA CIRCULAÇÃO FORÇADA

O sistema por circulação forçada é composto por um conjunto de equipamentos, dos quais os principais são: colectores solares, acumulador, grupo de circulação e central de controlo.
Neste tipo de sistemas, o acumulador é instalado separadamente dos painéis solares. Ao contrário do que acontece nos sistemas de termossifão, o acumulador é colocado na posição vertical, razão pela qual é assegurada uma melhor estratificação dos níveis de temperatura e, consequentemente, um maior aproveitamento da energia solar. Ainda pelo facto de o acumulador ser colocado num local protegido, as perdas térmicas do depósito diminuem significativamente. Outra vantagem deste sistema diz respeito à sua estética, uma vez que o acumulador não precisa de ser colocado no telhado.
Outras vantagens dos sistemas de circulação forçada são a possibilidade de regulação do caudal, a maior rapidez na obtenção de água quente, maior eficiência, e a integração com sistemas de aquecimento central e/ou aquecimento de piscinas.
Contudo os sistemas de circulação forçada apresentam algumas desvantagens, tais como: são sistemas mais caros, tem um custo eléctrico adicional relativo ao funcionamento da bomba circuladora embora seja muito pequeno e a instalação é mais complexa
Estes sistemas são ideais para aplicações individuais e colectivas, tais como: habitação (unifamiliar, edifícios colectivos), serviços (lares, restaurantes, hotéis, etc.) e indústria.

Contacte um dos nossos técnicos, sem qualquer compromisso, e saiba qual o sistema mais adequado às suas necessidades.

       

Imalattermicnovo 1

 

IMALATterminovo3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

  Imalattermicnovo 4

 

Imalattermicnovo 17

 

 

 

  

  

 

 

termossifaoimalatnovater

 

 

 

   

 

 

cirforcimalatnova

  

SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS COMBINADOS:

- AQUECIMENTO DE ÁGUAS SANITÁRIAS (AQS) + AQUECIMENTO DE PISCINAS

 

IMAcentternov2

Os sistemas solares representam uma forma preferencial de aquecimento de piscinas ao ar livre e de piscinas cobertas.Pode reduzir significativamente, entre 60% a 80% os custos aquecimento da sua piscina através da instalação destes sistemas.

Comparando com os meios tradicionais de aquecimento de piscinas (caldeiras a gás, gasóleo ou bomba de calor), este sistema apresenta baixos custos operacionais anuais.

O sei investimento tem um retorno na casa dos 4 anos, ou seja, uma rentabilidade anual na casa dos 25% ao ano.

  

COMO É QUE UM SISTEMA SOLAR AQUECE UMA PISCINA?

O processo de aquecimento convencional de uma piscina por um sistema solar decorre nas seguintes fases:
A água da piscina é bombeada até ao permutador de placas onde recebe energia do fluido térmico solar, voltando à piscina.
Dentro do circuito solar, circula um fluido térmico, que impulsionado por uma bomba própria para o solar, recebe energia nos colectores e liberta-a através de um permutador de placas na água da piscina.
As águas destes dois circuitos não se tocam, sendo a permuta térmica efectuada através do permutador de placas.

 

DIMENSIONAMENTO DO SISTEMA PARA AQUECIMENTO DE PISCINA

O dimensionamento do sistema solar está em primeiro lugar relacionado com o tipo de piscina, que pode dividir-se em dois grandes grupos:
- Piscina exterior
- Piscina coberta
Posteriormente, o dimensionamento das baterias de colectores depende da área e m3 da piscina.

  

TIPOS DE SISTEMAS SOLARES PARA AQUECIMENTO DE PISCINAS

Directo – onde a água da piscina circula directamente nos colectores. Tradicionalmente para colectores de baixo custo e baixo rendimento.

Indirecto ou convencional – sistema mais utilizado, em que o calor recolhido em colectores de elevado rendimento é conduzido à piscina através de permutadores de calor.


 

QUANTO VOU POUPAR

 imacentpiscinacentra

Os sistemas solares representam uma forma preferencial de aquecimento de piscinas ao ar livre e de piscinas cobertas. Pode reduzir significativamente, entre 60% a 80% os custos aquecimento da sua piscina através da instalação destes sistemas.
Neste tipo de sistemas é dada prioridade às AQS, sendo a restante energia desviada para o aquecimento da piscina
Comparando com os meios tradicionais de aquecimento de piscinas (caldeiras a gás, gasóleo ou bomba de calor), este sistema apresenta baixos custos operacionais anuais.
Trata-se de um investimento que apresenta uma rentabilidade anual na casa dos 25% ao ano e um retorno a 4 anos.

Nas piscinas descobertas, o sistema solar permite expandir os meses de utilização, enquanto no Inverno a energia é aproveitada para o aquecimento das águas quentes sanitárias. Nas piscinas cobertas, o sistema solar permite uma poupança energética até 60% no seu aquecimento.

 

COMO REDUZIR AINDA MAIS OS CUSTOS DE AQUECIMENTO DE PISCINAS INTERIORES?

É certo que o sistemas solar reduz a necessidade de utilização de um meio complementar de aquecimento entre 60% a 80%, mas este deve ter como complemento uma caldeira para a restante fração.
Dado o elevado custo da energia, recomendamos a utilização de uma bomba de calor ou caldeira de biomassa. Estes equipamentos detêm os menores custos de exploração existentes no mercado.

 

 

SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS COMBINADOS

AQUECIMENTO DE ÁGUAS SANITÁRIAS (AQS)  + AQUECIMENTO DE PISCINAS + AQUECIMENTO CENTRAL

 

 IMAcentternov1

Obtenha a máxima performance do seu sistema solar térmico reduza a sua factura energética até 80%.

Os sistemas solares térmicos combinados, além das águas quentes sanitárias (AQS), aquecem a sua piscina no verão e auxiliam o seu aquecimento central no inverno. Assim temos o sol a trabalhar para si durante todo o ano, obtendo ao máximo a sua factura energética.

Esta combinação é particularmente interessante pois permite o total aproveitamento da energia solar captada. Tendo como premissa chave as AQS, nos meses de inverno a energia solar captada é aproveitada para apoiar o aquecimento central, através de radiadores de baixa temperatura e/ou piso radiante, o que poderá significar uma contribuição de calor até 40% para o aquecimento da habitação. Nos meses de verão, quando o aquecimento central está desligado, a energia solar é utilizada para aquecer a água da piscina coberta ou ao ar livre, prolongando assim, no caso desta última, o seu período de utilização em cerca de 3 meses.

 

COMPOSIÇÃO DO SISTEMA SOLAR TÉRMICO COMBINADO PARA A.Q.S, AQUECIMENTO DE PISCINA E AQUECIMENTO CENTRAL

Para o desempenho combinado das funções, A.Q.S, aquecimento de piscina e apoio ao aquecimento central é necessária a instalação de um sistema solar térmico por circulação forçada.
Um sistema solar por circulação forçada é composto por um conjunto de equipamentos, dos quais os principais são:

Colectores solares,
Depósito,
Grupo hidráulico,
Controlador.

Apenas com este tipo de sistema podemos realizar apoio ao aquecimento central e piscina, pois é através do circuito primário solar que conseguimos fazer a derivação do fluido solar para um depósito de inércia para aquecimento, e/ou um permutador de placas de modo a interligar com a bomba da piscina. Esta derivação é por norma controlada por uma válvula motorizada de 3 vias ou um segundo grupo hidráulico, para que o circuito possa ser desviado para os vários pontos terminais.
Neste tipo de sistemas, o acumulador é colocado numa posição vertical, razão pela qual é assegurada uma melhor estratificação dos níveis de temperatura e, consequentemente, um maior aproveitamento da energia solar. Ainda pelo facto de o acumulador ser colocado num local protegido, as perdas térmicas do depósito diminuem significativamente. Outra vantagem deste sistema diz respeito à sua estética, uma vez que o acumulador não precisa de ser colocado no telhado.
Outras vantagens dos sistemas de circulação forçada são a possibilidade de regulação do caudal, a maior rapidez na obtenção de água quente, maior eficiência.
Estes sistemas são ideais para aplicações individuais e colectivas, tais como: habitação (unifamiliar, edifícios colectivos), serviços (lares, restaurantes, hotéis, etc.) e indústria.

Reduza a sua factura energética, contacte um dos nossos técnicos sem qualquer compromisso.

 

SISTEMAS DE APOIO AO SISTEMA SOLAR TÉRMICO:
A instalação de um sistema de apoio ao sistema solar térmico tem por objectivo fornecer a energia complementar necessária para proporcionar o nível de conforto desejado a cada momento, fazendo face às diferentes condições climatéricas do país durante o ano.

1. BOMBA DE CALOR
Maximize a sua economia e reduza a sua factura energética até 85%.
São uma fonte de energia limpa e economicamente rentável, quer para construção nova ou reabilitação, as bombas de calor alcançam uma economia de cerca de 70% na relação energia calorífica produzida vs energia eléctrica consumida, sendo por isso frequentemente utilizadas como sistemas de apoio aos sistemas solares térmicos em detrimento de outros sistemas como resistências ou gás. Por exemplo para aquecer a mesma quantidade de água gasta-se com uma bomba de calor apenas 20% do que seria gasto com resistências eléctricas.

Saiba mais sobre as vantagens da opção por uma bomba de calor, ou entre em contacto com um técnico, sem qualquer compromisso.


2. CALDEIRAS DE CONDENSAÇÃO
As caldeiras de condensação, graças à sua tecnologia, permitem reaproveitar grande parte da energia que nas caldeiras tradicionais se perde sobre a forma de vapor de água, reduzindo assim o consumo de gás face a uma caldeira normal em cerca de 30%.

Saiba mais sobre as vantagens da opção por uma caldeira de condensação, ou entre em contacto com um técnico, sem qualquer compromisso.


3. CALDEIRAS A BIOMASSA
As caldeiras de biomassa foram desenvolvidas para a produção de águas quentes sanitárias (A.Q.S.), aquecimento central (radiadores convencionais, pavimento radiante, etc.) ou aquecimento de piscinas a partir da combustão de resíduos sólidos tais como: pellets ou lenha.
O investimento adicional na compra de uma Caldeira de Biomassa em comparação a qualquer caldeira de gasóleo ou gás é amortizado por norma em menos de 2 anos.
Comparativamente com o gasóleo de aquecimento, a biomassa representa uma poupança de cerca de 70%.

Saiba mais sobre as vantagens da opção por uma caldeira de biomassa, ou entre em contacto com um técnico, sem qualquer compromisso.

 

DURABILIDADE DO SISTEMA

Os sistemas solares térmicos são feitos para durar cerca de 25 anos. Contudo, para que a durabilidade seja a prevista é aconselhado efectuar-se anualmente uma manutenção preventiva ao sistema solar térmico.
Garanta a mais elevada performance e durabilidade do seu sistema solar térmico optando pelos contractos anuais de manutenção da SolarWaters. Contacte-nos.

 

FACTORES IMPORTANTES PARA A SUA DECISÃO

Antes de decidir por determinado sistema, marca ou empresa instaladora deverá ter em conta o seguinte:
- Foi feito um correcto dimensionamento do sistema face aos meus padrões de consumo e à orientação da colocação dos colectores solares. 
- Escolha instaladores com experiência
- Escolha de sistemas solares certificados com garantia mínima de 10 anos para colectores e 5 anos para acumuladores.
- Para ter a instalação solar reconhecida no que toca a certificados energéticos é obrigatório que faça um contrato de manutenção anual nos 6 anos iniciais.

Quer reduzir as sua despesa energética com o aquecimento de águas sanitárias?
Contacte-nos sem qualquer compromisso, nós mostramos-lhe quanto pode poupar e qual a viabilidade de instalação de um sistema solar térmico para o seu caso concreto.

      

Imalattermiccompiscinanovo 1

IMALATtermpiscinainovo16

Imalattermiccompiscinanovo 5

Imalattermiccompiscinanovo 6

Imalattermiccompiscinanovo 7

 

 

  

 

 

 

  

 

 

Imalattermicnovo 11

   

 

 

 Imalattermicnovo 16

  

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

Imalattermiccompiscinanovo 9

 

 

 

Imalattermiccompiscinanovo 10

 

 

 

 

 

 

 

 

Imalattermicnovo 14

 

 
Contacte-nos
SERVIcOS

Serviços SolarWaters:

Desenho / Acompanhamento de projectos Formação                                                        Aspiração Central

FALE CONNOSCO

Entre em contacto com um dos nossos técnicos.

Dias úteis - das 9h00 às 18h00


Onde estamos

SOLARWATERS, Lda

Ninho de Empresas ARQCOOP-Sala 2.5
Rua Almirante Sarmento Rodrigues, LT 7
1900-882 Lisboa
210 105 935
geral@solarwaters.pt